Sábado, 27 de Novembro de 2021 23:15
98 98141-3481
Cidades CIDADE

Sem informações precisas, CAEMA informa falta de água em Itapecuru Mirim

Prazo divulgado encerra e população continua à seco no centro e bairros da sede

22/01/2021 11h03
Por: Alberto Júnior Fonte: Da Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

População da sede e bairros no município de Itapecuru Mirim reclama da falta de água que atingiu a cidade desde a última quarta-feira (20).

De acordo com moradores do centro, a interrupção no fornecimento de água tem atrapalhado o cotidiano dos itapecuruenses. Há locais onde este problema já dura 3 dias, como os bairros Roseana Sarney e Torre que tradicionalmente sofrem sem ter como suprir suas necessidades básicas de higiene.

Na tarde de ontem, quinta-feira (21), depois de muita insatisfação manifesta em redes sociais, a Companhia de Saneamento Básico do Maranhão (CAEMA) divulgou nota com objetivo de esclarecer os motivos da interrupção. Porém, o texto é impreciso e não especifica em qual área ocorreu o vazamento; usa um termo técnico (Adutora DN-200) sem tornar público as proporções reais dos danos à comunidade. Além disso, fixa horário para retomada do abastecimento a partir das 18h do mesmo dia. Todavia, após o encerramento do prazo os moradores continuam sem água nas torneiras.

Em contato com a unidade de negócios da companhia em Itapecuru Mirim, a equipe do Itapecuru Notícias recebeu a informação de que os trabalhos de concerto no vazamento já foram concluídos. Agora a distribuição depende da rede de energia na captação às margens do rio Itapecuru que apresentou problema, por volta das 5h da manhã desta sexta-feira (22), e inviabilizou restabelecimento imediato. Segundo a CAEMA local, o contato com a empresa Equatorial, responsável pelo fornecimento de energia, foi realizado e apenas aguarda normalização da rede elétrica.

A expectativa da sociedade é ter água nas torneiras o mais breve possível.

2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias