Domingo, 26 de Setembro de 2021 22:08
98 98141-3481
Cidades CORONAVIRUS

Filas e aglomerações em lotéricas e bancos preocupam autoridades de Itapecuru

O movimento cresceu na última semana e pode colocar a cidade em risco

08/04/2020 09h10 Atualizada há 1 ano
Por: Alberto Júnior Fonte: Da Redação
População em fila para receber dinheiro e pagar contas em Itapecuru. Foto: João Di Bragança
População em fila para receber dinheiro e pagar contas em Itapecuru. Foto: João Di Bragança

Mesmo com os apelos do governo federal e governo do Maranhão para que o cidadão permaneça em casa, a população de Itapecuru parece não ter entendido ainda a gravidade da pandemia de COVID-19 (coronavirus) e teima em manter sua rotina.

Desde a última segunda-feira (06) o movimento em frente a lotéricas e instituições bancárias no município tem aumentado. Sem qualquer proteção e ignorando as medidas de segurança instituídas por decreto municipal, pessoas se aglomeram e demonstram não estarem preocupadas com possível infecção por coronavirus.

Os casos alardeados no início da pandemia aqui no município como suspeitos foram descartados, alguns outros estão sendo acompanhados. A secretaria de saúde optou por não tornar públicos os casos desde a chegada do grupo de trabalhadores itapecuruenses  vindos de MG que pediram ajuda à imprensa na semana passada, isto pode ter dado a entender por parte da população que se não há casos confirmados aqui o perigo está distante. Este pode ser um erro fatal.

De acordo com boletim informativo divulgado pelo governo do Maranhão, já são 1.372 casos suspeitos 230 confirmados, destes positivos 174 continuam em acompanhamento, 45 pacientes já recuperados e 11 óbitos registrados. Ainda segundo a secretaria de saúde do estado, um total de 1.855 casos foram descartados.

O secretário de saúde do Maranhão, Carlos Lula, vem fazendo apelos constantes em suas redes sociais e canais de rádio e TV para que a população permaneça em casa e encare a pandemia como o mundo inteiro está fazendo, com seriedade. "estamos lutando para que não haja o momento em que nosso sistema de saúde entre em colapso e falta leitos para acomodar os doentes, o apoio da população é fundamental", declarou ele em entrevista à Itapecuru Webtv.

A guarda municipal deve retornar aos locais de aglomeração em Itapecuru, a polícia militar tem que dar este suporte, os profissionais de vigilância em saúde no município precisam agir rapidamente para orientar não só a população nas filas, mas os proprietários de estabelecimentos, gestores, administradores, gerentes e servidores nos espaços que continuam prestando serviços à comunidade.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias