Quarta, 24 de Julho de 2024
21°C 35°C
Itapecuru Mirim, MA
Publicidade

Moradores do Milton Amorim recorrem à Transnordestina depois que prefeitura abandonou bairro

Gestão Coroba entrou com ação na justiça para não realizar manutenção na comunidade

17/03/2023 às 05h52 Atualizada em 17/03/2023 às 08h33
Por: Solange Araújo Fonte: Da Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Moradores do conjunto habitacional Milton Amorim decidiram pedir socorro à empresa Ferrovia Transnordestina Logística (FTL), que opera a antiga estrada de ferro São Luís - Teresina, em busca de melhorias na estrada de acesso ao bairro depois que a prefeitura abandonou a comunidade.

Com as fortes chuvas dos últimos dias igarapés, riachos e córregos da região ganharam um volume de água muito grande e acabaram transbordando. Alguns deles deixaram localidades isoladas tanto na sede quanto zona rural do município, outros obstruíram a passagem e dificultaram a locomoção.

Este foi o caso na estrada de acesso ao Milton Amorim, que ficou parcialmente obstruída por causa de alagamentos. Cansados de buscar ajuda sem solução na prefeitura, os moradores recorreram a empresa administradora da linha férrea que corta o bairro para resolver o problema.

Segundo nota divulgada em rede social, uma reunião com representantes da FTL aconteceu na manhã de ontem, quinta (16), onde ficou acertado que a empresa realizará obras de reparo para escoamento da água dos igarapés, com a construção de valas, desobstruindo a estrada de serviços da companhia usada pela comunidade. Leia a íntegra da nota a seguir:

No final do mês passado (fevereiro) a gestão Coroba entrou com uma ação na justiça contra o Banco do Brasil e a empresa Techmaster, responsáveis pela construção do Milton Amorim, para que estes realizassem reparos, consertos e melhorias no bairro em vez da prefeitura.

Em suas redes sociais a gestão Benedito Coroba anunciou sentença favorável a ela e comunicou aos moradores decisão judicial, a partir daí a postura em relação aos problemas enfrentados pela população passaram a ser desconsiderados pelo poder público com a justificativa de que "agora é com a justiça".

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Prefeitura de Itapecuru Mirim (@prefeituradeitapecuru)

Entretanto, há um contrato publicado no Diário Oficial Eletrônico do município entre a gestão Coroba e uma empresa para realizar justamente reparos e manutenção naquele conjunto habitacional assinado no dia 2 de agosto de 2022 e que só se encerrará no próximo dia 1° de agosto de 2023 no valor que quase meio milhão de reais. Os moradores dizem que as melhorias ainda não foram realizadas e temem que depois desta decisão judicial nem sejam feitas. Por isso perguntam para onde foi ou vai este dinheiro que está destinado ao melhoramento da infraestrutura do bairro.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Itapecuru Mirim, MA
21°
Parcialmente nublado

Mín. 21° Máx. 35°

22° Sensação
1.46km/h Vento
97% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h05 Nascer do sol
06h02 Pôr do sol
Qui 35° 20°
Sex 35° 20°
Sáb 36° 21°
Dom 37° 21°
Seg 35° 21°
Atualizado às 04h03
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,59 -0,03%
Euro
R$ 6,06 -0,08%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,56%
Bitcoin
R$ 393,340,89 +0,61%
Ibovespa
126,589,84 pts -0.99%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias