Quinta, 20 de Junho de 2024
22°C 33°C
Itapecuru Mirim, MA
Publicidade

Trem de passageiros de São Luís a Itapecuru Mirim será implantado, diz governo federal

O trecho está no Plano Nacional de Ferrovias do Ministério dos Transportes

04/09/2023 às 08h00 Atualizada em 08/09/2023 às 06h54
Por: Redação Fonte: CNN Brasil
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pretende lançar, em outubro, um Plano Nacional de Ferrovias que inclui o resgate do transporte ferroviário de passageiros entre suas ações.

Estudos de viabilidade técnica e econômica para a implementação de sete linhas de trens regionais devem ser divulgados no âmbito do novo plano. A ideia do Ministério dos Transportes, segundo apurou a CNN, é executar esses projetos por meio de parcerias público-privadas (PPPs).

Os sete projetos são:

• Brasília (DF)-Luziânia (GO)

• Maringá-Londrina (PR)

• Pelotas-Rio Grande (RS)

• Duque de Caxias-Itaboraí-Niterói (RJ)

• Salvador-Feira de Santana (BA)

Fortaleza-Sobral (CE)

• São Luís-Itapecuru Mirim (MA)

O governo pretende aproveitar ferrovias existentes para o transporte de cargas, mas que hoje estão subutilizadas ou até mesmo em estado precário de manutenção, com o objetivo de implementar as futuras linhas de passageiros. Para isso, será preciso fazer investimentos bilionários na recuperação e modernização das estradas de ferro. A possibilidade aventada pelo ministério é usar recursos oriundos da renovação das concessões de ferrovias de cargas, como a Malha Paulista, controlada pela Rumo.

Em um primeiro momento, fala-se na utilização de cerca de R$ 600 milhões dos pagamentos a serem feitos pela Rumo. Procurado, o Ministério dos Transportes não quis se manifestar sobre o assunto. O investimento, na realidade, seria muito maior. Esses recursos iniciais, no entanto, são vistos como um possível aporte inicial do governo nas PPPs dos trens de passageiros.

Atualmente, além de trens de turismo em distâncias curtas, existem apenas duas linhas regulares de passageiros: a Estrada de Ferro Vitória-Minas, entre Belo Horizonte e a capital do Espírito Santo, e a Estrada de Ferro Carajás, entre São Luís (MA) e Parauapebas (PA).

Ambas são ferrovias voltadas essencialmente ao transporte de cargas, controladas pela Vale, mas com vagões dedicados ao transporte de passageiros em algumas viagens semanais. Junto com o anúncio dos estudos para as sete linhas, o governo deverá publicar em outubro um decreto com a Política de Transporte Ferroviário de Passageiros.

Uma minuta da política foi colocada em consulta pública, no fim do ano passado, ainda durante o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Houve contribuições de interessados e agora o documento final está sendo preparado.

O decreto vai estabelecer diretrizes, princípios e objetivos para os novos trens de passageiros. De acordo com a minuta, os estudos e a estruturação dos projetos deverão considerar pontos como tarifas, publicidade, subsídios e exploração imobiliária no entorno das estações para garantir a sustentabilidade econômico-financeira das futuras linhas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Itapecuru Mirim, MA
22°
Tempo limpo

Mín. 22° Máx. 33°

23° Sensação
1.27km/h Vento
93% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h01 Nascer do sol
05h56 Pôr do sol
Sex 33° 22°
Sáb 33° 22°
Dom 32° 22°
Seg 32° 22°
Ter 33° 22°
Atualizado às 04h04
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,45 +0,00%
Euro
R$ 5,86 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,36%
Bitcoin
R$ 379,593,22 +1,02%
Ibovespa
120,261,34 pts 0.53%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias