Quarta, 24 de Julho de 2024
21°C 35°C
Itapecuru Mirim, MA
Publicidade

Itapecuruenses que ganham menos de 1,5 salário mínimo poderão pagar Imposto de Renda

Sem o reajuste da tabela do Imposto de renda, que está congelada desde 2015, mais trabalhadores com baixos salários serão tributados

22/01/2023 às 06h13 Atualizada em 22/01/2023 às 06h26
Por: Redação Fonte: Agência Brasil 61
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A falta da correção da tabela do Imposto de Renda (IR) e o avanço da inflação podem fazer com que trabalhadores que ganham menos de um salário mínimo e meio sejam obrigados a pagar o tributo em 2023.

Atualmente, o piso nacional das remunerações está em R$ 1.302, fixado por Medida Provisória publicada em dezembro, quando Jair Bolsonaro (PL) ainda assumia o governo. Com a tabela congelada desde 2015, a faixa de isenção do IR está em R$ 1.903. 

Segundo dados do sindicato dos auditores da Receita Federal (Sindfisco), a isenção do tributo beneficiava quem recebia até nove salários mínimos em 1996, mas para 2023, ficará para quem ganha até 1,46 salário, caso a tabela do IR não seja reajustada.

Benito Salomão, mestre e doutorando em economia, aponta que a atualização da tabela é fundamental para não penalizar os trabalhadores que ganham menos. “O salário nominal valoriza ano por ano. Vai chegar um ponto que você vai estar tributando, o que está acontecendo agora, muito próximo daquela camada de trabalhadores que ganham remunerações pequenas. E a finalidade do imposto de renda não é essa, a finalidade é exatamente estabelecer critérios progressivos, de forma a tributar mais quem ganha mais", destaca.

Outro fator que contribui para o cenário é a inflação, que fechou 2022 com alta de 5,79% no  Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com isso, a defasagem acumulada na tabela do IR é de 148,1%.

Durante sua campanha, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva prometeu ampliar a faixa de isenção do IR para R$ 5 mil mensais. 

De acordo com Salomão, o governo reluta em corrigir a tabela do IR porque perde a arrecadação que precisa para fechar a meta primária. “Ele vai deixar de arrecadar imposto de renda de uma série de trabalhadores de menos de dois salários mínimos, que estariam contribuindo e vão deixar de contribuir”, relata.

No cálculo dos auditores, o reajuste integral da tabela resultaria em uma perda de arrecadação para União de aproximadamente R$ 106,5 bilhões.

Hugo Garbe, doutor em economia e professor na Universidade Mackenzie, explica que a queda da receita também atingiria estados e municípios, já que cerca da metade do IR é destinada a prefeitos e governadores.

"O novo governo está tentando cumprir a promessa de campanha e uma queda no possível impacto que pode ser causado por uma possível perda de arrecadação. O imposto de renda é uma fonte importante de arrecadação de tributos do Governo Federal e se nós tivermos uma perda de arrecadação significativa nesse tipo de imposto isso pode impactar nos cofres públicos.”, afirma Garbe.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, informou nesta terça-feira (17) que o governo pretende votar uma reforma tributária sobre a renda, para desonerar as camadas mais pobres e onerar os que hoje não pagam imposto.

O Ministro também afirmou que o governo deve aprovar a reforma tributária no segundo semestre deste ano, para entrar em vigor durante 2024. A declaração foi dada durante painel “Brasil: um novo roteiro” no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

Leia mais:

Salário mínimo pode ser reajustado para R$ 1.320 somente em maio

Contribuintes devem ficar atentos ao calendário de impostos do primeiro semestre



Fonte: Brasil 61

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Itapecuru Mirim, MA
21°
Parcialmente nublado

Mín. 21° Máx. 35°

22° Sensação
1.46km/h Vento
97% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h05 Nascer do sol
06h02 Pôr do sol
Qui 35° 20°
Sex 35° 20°
Sáb 36° 21°
Dom 37° 21°
Seg 35° 21°
Atualizado às 04h03
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,59 -0,03%
Euro
R$ 6,06 -0,08%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,56%
Bitcoin
R$ 393,496,84 +0,65%
Ibovespa
126,589,84 pts -0.99%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias