Sexta, 22 de Janeiro de 2021
98 98141-3481
Dólar comercial R$ 5,36 0.985%
Euro R$ 6,52 +1.4%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.11%
Bitcoin R$ 178.533,59 -1.993%
Bovespa 118.328,99 pontos -1.1%
Economia ECONOMIA

Itapecuruenses pagarão mais caro pela conta de luz em dezembro

A partir desta terça (1º) será cobrada tarifa extra, diz ANEEL

01/12/2020 08h07 Atualizada há 2 meses
Por: Redação Fonte: Da Redação
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou a retomada do sistema de bandeiras tarifárias na conta de luz a partir desta terça-feira, 1º de dezembro. O mecanismo havia sido suspenso em maio devido à pandemia do novo coronavírus, e a agência havia acionado a bandeira verde, sem cobrança de taxa extra, até o fim deste ano.

A Aneel, no entanto, informou que as condições atuais não permitem mais manter a bandeira verde acionada. Por isso, a partir de terça-feira, as tarifas terão bandeira vermelha em seu segundo patamar, com uma taxa extra de R$ 6,243 a cada 100 kWh.


O diretor Efrain Pereira da Cruz mencionou "afluências críticas" nos principais reservatórios do País, no Sudeste e Centro-Oeste, além do Sul, e deterioração nos meses de outubro e novembro. Isso levou ao acionamento de termelétricas, o que pressionou o custo de geração de energia no País diante de uma "oferta adversa".


O diretor mencionou que o preço da energia no mercado de curto prazo (PLD) está no teto em todos os submercados. Ele disse ainda que o Custo Marginal da Operação (CMO) da próxima semana operativa (de 28 de novembro a 4 de dezembro) foi estabelecido em R$ 744,43/MWh em todos os submercados do País, o maior do ano.


Ainda segundo ele, o consumo de energia retomou o patamar pré-pandemia em setembro, e o setor enfrenta novamente uma seca que há muito não se via. Por isso, a avaliação da Aneel é que o sistema de bandeiras precisa ser retomado imediatamente - e não apenas em janeiro de 2021, como indicava a nota técnica do órgão regulador.


"São indícios concretos de que o mecanismo das bandeiras já merece ser restabelecido e a curto prazo, tendo em vista sua eficiência na sinalização de preços aos consumidores", disse o diretor.

No sistema atual, que estava suspenso desde maio, na cor verde, não há cobrança de taxa extra, indicando condições favoráveis de geração de energia no país. Na bandeira amarela, a taxa extra é de R$ 1,343 a cada 100 kWh consumidos.

Itapecuru

O município de Itapecuru Mirim tem uma das mais altas taxas de iluminação pública do país, motivo pelo qual os itapecuruenses pagarão o percentual mais caro que a capital São Luís e cidades como Imperatriz, Caxias e Codó que são as maiores cidades do Estado.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Itapecuru Mirim - MA
Atualizado às 05h55 - Fonte: Climatempo
25°
Muitas nuvens

Mín. 25° Máx. 31°

25° Sensação
7.1 km/h Vento
95% Umidade do ar
83% (7mm) Chance de chuva
Amanhã (23/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (24/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 25° Máx. 29°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias